Aprender Em Casa ou a partir de Casa

Algumas ideias para inspiração…

Neste período atípico em que nos encontramos é necessário o acompanhamento dos alunos à distância.

Os professores necessitam trocar as aulas presenciais por aulas/apoio online, sem esquecer que:

  1. A pedagogia antecede a tecnologia;
  2. A estrutura de conteúdos deve ser repensada para o ambiente e online, com graus progressivos de dificuldade;
  3. Embora os alunos, em geral, sejam consumidores de tecnologias, não se deve assumir que todos sejam adeptos ou estejam preparados para o ensino/aprendizagem a distância.

A preparação de aulas e o apoio dos alunos online é mais demorada e inusual, não é passar as aulas presenciais a papel químico, logo necessita de tempo para adaptação de professores e alunos e o recurso a algumas ferramentas que minimizem o esforço e maximizem os resultados. Comunicação com a turma, organização e economia de tempo!

Ao pensar em aulas online é conveniente equacionar algumas questões, ou seja planear:

  • Inquirir se todos os alunos possuem os meios para aceder à informação online;
  • Que plataformas ou aplicações usar (ambiente de aprendizagem a eleger);
  • Que momento/momentos para apoiar os alunos (síncronos e assíncronos);
  • Como avaliar as aprendizagens
  • Recursos a disponibilizar para estimular os alunos a aprender.

Nas aulas online a linguagem quer-se clara e objetiva e as atividades já preveem a função de avaliação, ou seja, no final a produção dum texto sobre o assunto, esquemas mentais ou mapas de ideias, perguntas inseridas nas matérias a que os alunos necessitam responder, pequeno vídeo, PowerPoint, sessão síncrona, assíncrona, individual ou coletiva com os alunos ou a turma.

E talvez a criação de email, dedicado para as aulas online. O email é uma solução, mas se for para períodos longos com várias turmas, pode tornar-se desgastante para o professor a vários níveis incluindo a avaliação dos alunos.

Planear e diagnosticar são os primeiros passos do processo e talvez os mais demorados e complexos, depois eleger o ambiente de aprendizagem, os recursos e modo (s) de avaliar.

Recomenda-se uma consulta continuada das orientações no website do ME -https://apoioescolas.dge.mec.pt/, o qual inclui exemplos de atividades online para vários anos de escolaridade e disciplinas, bem como um repositório de recursos.

Relembra-se que as editoras escolares abriram os seus portais virtuais gratuitamente durante este período, estando os manuais digitais disponíveis com recursos multimédia e exercícios com feedback automático (quizzes…) – Escola Virtual (Porto Ed.) - Aula Digital (Leya).

A UNESCO disponibiliza também uma lista de ferramentas WEB.

Recomenda-se a leitura do Roteiro – 8 Princípios Orientadores para a Implementação do Ensino a Distância (E@D) nas Escolas.

____________________________________________________________________________________________

O que aprendemos com a China E@D - a publicação traduzida e adaptada sobre a experiência chinesa na aprendizagem flexível E@D.  

Manual de Apoio à Aprendizagem Flexível durante a Interrupção do Ensino Regular

A versão portuguesa foi produzida com o apoio da UNESCO numa ação colaborativa coletiva e voluntária de um grupo de portugueses ligados ao meio académico.

O manual está organizado em seis dimensões:

  1. Infraestrutura de redeFerramentas de aprendizagem amigáveis
  2. Recursos digitais de aprendizagem adequados
  3. Métodos de ensino e de aprendizagem
  4. Serviços de apoio para professores e aluno
  5. Cooperação entre empresas, governos e escolas

 

Notícias:

 MOOC Educação Inclusiva- a Direção-Geral da Educação vai lançar a 2.ª edição n próximo dia 28 de setembro de 2020, através da plataforma NAU. Informações em Direção Geral de Educação.

Trata-se de uma versão revista e com caráter mais prático do MOOC realizado no início de 2019 e que pretende apoiar os professores na operacionalização do regime jurídico da Educação Inclusiva.

Projeto LIDIA - atividades para a Inclusão Digital de Adultos, disponbilizado agora em E-Book.

- E@D - o que aprendemos com a China. Manual de Apoio à Aprendizagem Flexível durante a Interrupção do Ensino Regular

  Plano de desconfinamento   - o plano publicado tem efeitos a partir de 4 de Maio.

- Configuração do MS Teams para pessoas com limitações visuais, com vários links de interesse. 

Microsoft Teams for Students with Visual Impairments


- Foi disponibilizado um guia de boas práticas E@D para os docentes de  alunos surdos no site do Apoio às Escolas.

GUIA DE BOAS PRÁTICAS DE ENSINO ONLINE EM CONTEXTO DE EMERGÊNCIA PARA ALUNOS SURDOS DURANTE A PANDEMIA DA DOENÇA COVID- 19

- Foi adicionado ao separador recursos a página "Aprender em casa" com Recursos e Ferramentas para aprender em Casa.

- A Claro Software disponibiliza gratuitamente os seus produtos durante o período Coronavirus. A Clarosoftware tem ferramentas para ajudar a ler e a escrever em diferentes plataformas.

- Foram adicionados recursos em Recursos para Aprender em Casa/Educação Inclusiva.

- O Software Supernova é um programa que permite às pessoas cegas ou com baixa visão o acesso ao computador. Com três opções de acordo com as necessidades do utilizador, de ampliador, com voz ou braille. Cedido gratuitamente durante o período Covid19.

- Recomendações de segurança: